Muito além do Efeito AXE #Parte 1

A linha de comunicação da Axe, segundo desodorante da Unilever, pode espelhar o que uma plataforma consistente pode explorar. O formato “desce redondo” da marca oferece uma gama de ferramentas de comunicação dizendo sempre o mesmo, de formas diferentes.

Contraditório, mas as linguagens são universalizadas como modelo de mensagem e significante da marca e suas diretrizes de posicionamento. Muito além de uma marca, a Axe empresta  posicionamento à sua irmã Lynx, presente na Inglaterra, Irlanda e Austrália. Mas mantém um unidade.

Um bom exemplo de como explorar “1” formato é traçando um paralelo à categorias diferentes, como carros, que trocam de frente a cada ano, mas mantém o chassi e 80% do design, desde que foram lançados. Projetam unidade entre todas as sub-marcas, entregando identificação rápida e fácil pelos consumidores.

As repetidas vezes de contar histórias diferentes, mas sempre remetendo à um universo jovem, urbano e cômico, que se aproxima do Target ou quase o nivela, possibilita reforçar a comunicação AXE em qualquer suporte.

O case Lynx, conta um pouco a extensão da plataforma, que pode ser traduzida de uma linha de insight para incontáveis conceitos e pontos de contato, passando densamente pela midia on e off, ainda em ATL e BTL. Mas sem perder a ALMA da comunicação da marca.

Falando em ações promocionais, ao final do case vamos lembrar da Ilha Axe. Pois é, o “desce redondo” é um “guerreiro” da Unilever.

Agora é sua vez, comente!

Por Cristiano Morley, publicitário, fundador do blog OplanoDeVoo

Agora é com você, comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s