Post | O Lek do Pavão Mercedes Benz

Quantos Leques tem o Pavão?

Pois talvez no youtube.com tenhamos a resposta para a atração do momento da Mercedes Benz. O impacto do novo comercial de lançamento do Classe A, a lá Psy, se apresenta como um viral, com mais de  2.300 views no canal oficial da montadora.

Anúncio

Talvez não estaríamos lendo este post para mais um comercial do novo Classe A, mesmo em sua “remodelagem” , longe agora do formado Idea, em uma pauta mais próxima da automotiva. A grande questão que trouxe surpresa: um funk da mais pura gema carioca dos morros, constar em um lançamento da mais pura constelação alemã de R$ 99.990,00, considerado o mais barato Mercedes à venda no país.

Fãs da BMW no youtube criaram respostas à trilha e diversas teorias sobre o porquê disso tudo. No próprio canal da montadora vemos, o não menos famoso no Brasil, o comercial original da marca para o lançamento, com outra trilha e com edição não proposital (claro) para o “passinho” , tendo com assinatura final “a letra que veio da vontade de inovar”. Um lastro para a possível resposta na tentativa de se evitar o “comercial de oportunidade”, (tanto na letra quanto na cola do funk, que seria gratuito para a marca), é a clara mudança na proposta da linha, um hatch esportivo.

Porém, ainda sim, vale a associação ao Funk para a Mercedes, mesmo pela ousadia? A resposta foi sim. Resta conhecer depois os impactos para a marca, que acredito serem mínimos, por ser algo isolado e momentâneo. Teorias sobre público alvo e o conflito com a adequação à trilha são válidas, mas tudo isso pode ser superado por uma BOA oportunidade de se criar um viral.

Para entender mais são 3 as versões identificadas para a mesma base do comercial: a americana, a brasileira com e sem o LeLek.

 

Versão  “Faz tempo que seus olhos não brilham assim”

Versão “Performance”, com piloto de F1 Nico Rosberg

Versão “AAAAA Lelek Lek Lek”

 

Mas ai entram os fãs da concorrente direta e assumem as dores até do público da Mercedes, que não aprovou a versão funkeira dos Leleks. Diversas versões no youtube  de um comercial da BMW surgiram, com diferentes trilhas que melhor cada um indicaria para seu VT, na provocação: “O que esperava? Um Funk?”

 

 

Agora é sua vez, comente!

 

Por Cristiano Morley, publicitário, fundador do blog OplanoDeVoo

um comentário

  • Talvez a propaganda reflita a atual glamourização do que vem do morro, que hoje se reflete em diversos quesitos: os jovens têm subido às comunidades para dançar o funk e o samba. O funk e outros estilos musicais até pouco tempo atrás considerados suburbanos têm sido os sons de maior sucesso em festas de classes altas. É o que se observa da sociedade atual, que mescla de tudo sem medo de errar. Talvez resida em parte nessas razões a ousadia da marca em associar o veículo para um público classe A, mas que consome e desfruta da cultura C,D, ou E. O comercial ilustra também que hoje em dia já não se fala mais em estratos sociais, mas sim classes econômicas, as quais detêm o dinheiro, mas sem que isso implique no refinamento de gostos e preferências outrora calssificados por alguns para tal faixa de poder aquisitivo.

    Curtir

Agora é com você, comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s