Post | Um apertado Calendário Promocional para 2014

Movimento-11

Dois mil e quatorze será realmente um ano atípico!

Todas atenções se direcionam para os vários atrativos sazonais que podemos entender como ímpares para os próximos 10 meses. Um carnaval tardio no começo de março, de 01 a 05/03, que empurra o conceito de mês curto também para o terceiro mês do ano. E um trimestre que se finalizará com expectativas de aquecimento com o enfim, pós Carnaval e com o Dia da Mulher, até então pouco recorrido promocionalmente, caindo em um sábado 08 de março.

No mês do coelho as vendas do setor de alimentos ganham um destaque especial no varejo. Entretanto, já começam a disputar atenção com outros investimentos no mercado de consumo interno. Com uma Páscoa no meio do mês, em 20/04, como data similar ao Natal, onde todos compram e todos ganham, novos concorrentes extras à altura passam a permear o ambiente varejista. Mudanças no comportamento de compra em virtude da Copa do Mundo provoca um aumento natural nas vendas de televisões, eletroeletrônicos, TV fechada, cervejas, refrigerantes, entre outros. Tudo isso somado à confraternizações, festas, churrascos e encontros sociais em casas de amigos e viagens prolongadas.

Meio e Mensagem – Páscoa 2014

 

Um reforço neste cenário, seriam dois agravos: os feriados orgânicos, como Tiradentes, logo em uma segunda-feira 21 pós Páscoa, e os feriados artificiais, criados em virtude da logística de jogos da Copa em determinadas cidades. Surgindo assim, um imenso terceiro feriadão (Ano Novo e Carnaval completam os anteriores) promovido pela sexta-feira da Paixão até segunda, com 4 dias líquidos de descanso.

Em apenas três finais de semana seguintes chegará o Dia das Mães, em 11/05, apresentando um período curto de respiro, que pode provocar uma concentração das compras planejadas pelos shoppers. Outro aspecto relevante está exatamente no sábado anterior, quando ocorre o tradicional feriado do Dia do Trabalho, em uma quinta-feira 01/05, que poderá ocasionar uma emenda no final de semana, com pessoas viajando para aproveitar os quatro dias reais de folga. Restando apenas o sábado 26/04, exatamente o pós-Páscoa, como oportunidade para as compras de presentes para elas.

Assim, um possível reflexo seria uma concentração de compra em shoppings durante a semana, por conveniência, principalmente nos grandes centros. Compras por impulso, por falta de tempo para pesquisar, também podem se destacar neste contexto, onde nem todos compram para todos, havendo um reforço maior no conceito de shopper, quando não necessariamente aquele que compra, usará o produto ou serviço, como perfumaria, chocolates, entre outros.

Este aspecto comportamental de aquisição de presentes é o que pode divergir do que podemos eleger como principal foco de vendas para um ano de Copa do Mundo, as fadadas televisões para assistir o futebol, onde lemos então “Tecnologia”. Talvez, se o dia dos pais fossem em maio, melhor não poderia ser pela característica de adequação ao público alvo.

Mas retomemos a data das mulheres, pois no período de um mês em sequência já se iniciam os jogos no Brasil, em 12 de junho. Se considerarmos o preparo das famílias para assistir à Copa realizada aqui, com o volume de TVs com tecnologia LED ou LCD ganhando escala e preços potencialmente mais competitivos, considerando uma TV digital aberta já existente, mas buscando encontrar um maior share, temos um contexto propício para tecnologia como grande destaque nas três semanas pós mães.

Brahma – Eu sou o Futebol

 

Não devemos nos esquecer do Dia dos Namorados, o que para determinados setores pode ser considerado a segunda melhor data do ano, depois, claro, do 25 de dezembro. Com tanta competitividade de datas promocionais em tão pouco tempo, uma data por si atropelou a outra, e no estilo padrão Fifa. Assim, com o jogo de abertura da Copa agendado para o dia em que os namorados comemoram no Brasil a sua data especial, 12 de junho. Para isto, a Brahma já está convocando a mudança do calendário para 11/06, em uma tentativa de não conflitarem os dois dias e promovendo oportunidade de incentivos para os 2 lados, criando o lema “Alguém vai ter que ceder”  com o Movimento 11 (Confira Aqui).

Se o ano começou mais devagar no primeiro bimestre, certo é que após 05 de março observemos expectativas de vários motivos para promoção das vendas, em cada segmento com sua característica específica ao capitalizar sobre a série de eventos que prometem muito para o primeiro semestre. Para aqueles que aguardam a Copa se encerrar em 13 de julho, e optaram neste sentido por dedicar esforços sem conflito, este será como recomeço das atividades promocionais de venda.

Mês original de férias escolares e início de inverno no país, o mês de julho deverá ser trocado pelas escolas com o período da Copa, que acontece em sua maioria em Junho. Uma oportunidade para venda de livros, papelaria, uniformes escolares e até computadores pessoais, como notebooks e tablets, em uma nova onda. Desta forma, observa-se um turbilhão de mudanças que trará novos comportamentos de compra ao longo do ano.

Sem perda de tempo, a retomada do fôlego no comércio com o Dia dos Pais, em 10/08, se aproxima, com três finais de semanas de oportunidade de vendas a ele antecedendo, poderemos comemorar o dia dele em 10 de agosto com motivos potencialmente quentes para o varejo. Uma data tão adequada ao primeiro semestre deste ano, pelo perfil de compras, que constrói um mar de oportunidades para novos reflexões de oportunidades, pela enxurrada que passou para eletro-eletrônicos em maio e junho. Com isso, o mês de setembro será uma trégua para datas promocionais, tornando até mesmo distante feriados ou feriadões, como o 7 de setembro em um domingo.

O ano neste momento terá um Dia das Crianças em um dia naturalmente de descanso, num domingo 12/10, mas que propicia mesmo assim o clássico feriadão com Dia dos Professores em 15/10, em quarta-feira seguinte. Tempo de sobra para o incentivo especial de vendas no varejo e mídia, mesmo permeado pelas eleições de 1º Turno em 05/10 e depois em 2º Turno em 26/10.

Bem, como termina o ano já sabemos, seguindo com mais 2 feriados em domingos, Finados, 01/11, Proclamação da República,15/11, e com o Natal certamente garantindo outro feriadão, o de ano novo 2015, em uma quinta-feira. 

Oportunidades para vendas teremos diversas este ano, ora por datas promocionais e eventos acumulados, ora contrapostas aos feriadões do primeiro semestre. Uma economia a ser observada de perto em ano de eleições, onde por fator histórico merece a atenção. Um comportamento de compra às avessas, que pode influenciar o shopper para a ida ao varejo de forma mais emocionada, fortalecendo assim, a compra por impulso. 

 

Agora é sua vez, comente!

Por Cristiano Morley, publicitário, fundador do blog OplanoDeVoo

Agora é com você, comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s